Correio de Lins | Igreja dos Gregos é o primeiro patrimônio “intocável” de Lins

Jornal Correio de Lins, terça-feira, 19 de junho de 2007   PATRIMÔNIO Igreja dos Gregos é o primeiro patrimônio "intocável" de Lins Casa dos Zarvos e outras residências históricas deverão ter o mesmo destino, segundo o prefeito Casadei   Com a presença de aproximadamente 40 pessoas, aconteceu na tarde dessa terça-feira o primeiro ato de tombamento no município de Lins. Através de decreto municipal, o prefeito Waldemar Sândoli Casadei oficializou o Templo Ortodoxo Grego "Ayá Tsambica" (Igreja dos Gregos) como primeiro patrimônio histórico da cidade. A cerimônia contou com a presença de Antonieta Nazaré de Lima Coqueiro (presidente do Comdephac), da sra Helena [Leia mais...]

Relação dos Presentes à Cerimônia de Tombamento Histórico do Templo Ortodoxo Grego “Aya Tsambica”

ADMINISTRAÇÃO WALDEMAR SÂNDOLI CASADEI CONSELHO MUNICIPAL DE PRESERVAÇÃO DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO, CULTURAL E AMBIENTAL DO MUNICÍPIO DE LINS — COMDEPHAC 1° BEM MUNICIPAL TOMBADO NA CIDADE DE LINS RELAÇÃO DOS PRESENTES À CERIMÔNIA DE TOMBAMENTO HISTÓRICO DO TEMPLO ORTODOXO GREGO "AYA TSAMBICA" Engº Waldemar Sândoli Casadei — Prefeito Municipal Engª Keiko Obara Kurimori — Vice-Prefeita Municipal Rejane de Paiva Casadei — 1ª Dama e Presidenta do Fundo Social Dr. Rildo Henrique Pereira Marinho — Procurador Geral do Município Prof. Akio Matsuura — Secretário Municipal de Esportes, Cultura, Lazer e Turismo Profª Maria Aparecida de Oliveira Golmia — Secretária Municipal de [Leia mais...]

Diário de Lins | Tombamento da “Igreja dos Gregos” ocorre na próxima terça-feira

Diário de Lins, sexta-feira, 15 de junho de 2007, pág. 6. A próxima terça-feira, 19 de junho de 2007 será uma data histórica para Município de Lins. Afinal será realizado o primeiro Tombamento da história da cidade. A cerimônia será realizada às 16h e 30min, no Templo Ortodoxo Grego “Ayá Tsambika” conhecido como “Igreja dos Gregos”, localizado na Rua Regente Feijó, 980. O prefeito Waldernar Sândoli Casadei decidiu realizar o Tombamento da igreja em 2005, quando alunos do Instituto Americano de Lins foram premiados em concurso nacional denominado “Tesouros do Brasil”, patrocinado pela Fiat Automóveis com apoio da Unesco, Ministério da Cultura, Ministério da Educação e do Iphan — [Leia mais...]

Lei nº 4.227/1999

Acrescenta artigo na Lei nº 3.963 de 28/04/1997, dispondo sobre a proibição de fixar anúncios promocionais em bens imóveis tombados como patrimônio histórico, cultural e ambiental do Município de Lins. Lei nº 4227/1999

Lei nº 3.963/1997

Institui o Sistema de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental do Município de Lins e dá outras providências. Lei nº 3963/1997

Dominical | Stéfanos Vassiliadis, Armador Grego – Um homem parecido com Ulisses

Reportagem publicada no suplemento Revista Dominical do Diário Hoy de Assunção (Paraguai) a respeito de Stéfanos Vassiliadis.   Como o Ulisses de Homero, Stéfanos Vassiliadis, 72 anos, aventureiro e sonhador, armador grego, jurou voltar à sua terra natal algum dia. Enquanto isso, conclui sua obra-prima em Capitán Meza (Itapúa): um barco em forma de peixe. Uma embarcação construída peça por peça com suas próprias mãos. Um barco à sua imagem e semelhança. Nem Circe, nem Nausícaa, impedirão seu retorno. A odisseia pelo mundo terminou e é hora de voltar para casa. Talvez Penélope tenha se aposentado, cansada de tecer cachecóis, mas desde o Parnaso da mitologia verá sua chegada. Seu [Leia mais...]

A Gazeta de Lins | Igreja Ortodoxa perde seus fieis

A Gazeta de Lins nº 6803, 22 de junho de 1974 Igreja Ortodoxa perde seus fieis Há cerca de 15 anos, a colônia grega de Lins era bastante numerosa o que levou um dos elementos da comunidade, Stefanos Vassiliadis, a pensar seriamente em divulgar e estimular entre os gregos residentes na cidade, a crença oficial de seu país de origem: a religião Católica Ortodoxa. Stefanos Vassiliadis que chegou aqui em 1951 e que ainda reside em Lins, iniciou em 1958 a construção de uma igreja que tinha por objetivo reunir a colônia grega da região. Sua iniciativa alcançou grande êxito e, em pouco tempo, conseguiu edificar o templo que passou a funcionar com celebrações dominicais. Construída em [Leia mais...]