PANAGHYA TSAMBIKA HOJE

Não creio que as autoridades, os especialistas, os acadêmicos e as pessoas ligadas à cultura, à arte e à história, alguma vez tiveram dúvidas sobre a importância desta igreja, que Deus, por Sua decisão paradigmática, inspirou Stéfano Vassiliadis e foi erigida nesta cidade de Lins. Hoje, a quatro anos do que estava acontecendo no relatado na MEMÓRIA DE PANAGHYA TSAMBIKA postada por João Antunes, incansável colaborador desta missão, podemos dizer com segurança absoluta, que um projeto se modela na prática de uma forma diferente do que em uma escrivaninha. Mas a prática revela o nunca imaginado em uma escrivaninha. Não há prova mais irrefutável que a realidade em si mesma, e foram [Leia mais...]

Doação Recebida (Blocos)

MUITO OBRIGADO!! - "Peçam, e lhes será dado; busquem, e encontrarão; batam, e a porta lhes será aberta. Pois todo o que pede, recebe; o que busca, encontra; e àquele que bate, a porta será aberta.” (Mateus VII,7s). Pedir é o primeiro passo na vida cotidiana e na vida espiritual. O segundo passo na vida é buscar. E buscar é um passo mais profundo. Exige trabalho, dedicação. O terceiro passo é bater à porta. E bater à porta é um passo de ministério. Bater à porta para partilhar. E partilhar é o desejo de Deus. Padre Nectários e eu, não temos nada além do que nossas mãos, nossos conhecimentos e nossa vontade para dar nesta missão, mas temos recebido em troca, a alegria de saber que outros [Leia mais...]

Chamado à Solidariedade (Blocos)

A igreja de Nossa Senhora de Tsambika ("Igreja dos Gregos") necessita de blocos de 8 furos para prosseguir com o trabalho de reconstrução do claustro. Qualquer quantidade de material é bem-vinda. Doações podem ser encaminhadas para o endereço: Rua Regente Feijó, 980 (fundos) - Jd Campestre - Lins/SP  

HÁ TRÊS ANOS E MEIO DE INICIADA A RESTAURAÇÃO DE PANAGHYA TSAMBIKA

Em 3 de fevereiro se completaram 3 anos e meio de que assumimos a restauração do que nos foi apresentado como o primeiro patrimônio tombado da cidade de Lins. Aconteceram muitas coisas nestes anos. Muitas coisas continuam da mesma forma, outras foram mudando radicalmente. Nós, os restauradores, e uma comunidade estável e perseverante de não mais de 12 pessoas, continuamos de pé. Trabalhamos juntos, oramos junto, buscamos recursos, nos preocupamos juntos e rimos juntos. E pouco a pouco, vamos conseguindo, com a ajuda de Deus, e a intercessão de Nossa Senhora, o milagre da transformação, recuperando este patrimônio. Um milagre de fé e perseverança, não de poder e recursos. um milagre, como [Leia mais...]

A Divina Liturgia de São João Crisóstomo (A Santa Missa)

BAIXE AQUI: Divina Liturgia São João Crisóstomo - Missão de Lins   A Igreja Ortodoxa [e a Greco-Católica] adora a Deus com o mesmo espírito com o qual Ele é adorado no Céu (segundo as revelações presentes em Isaías, Ezequiel e no Apocalipse). Isso supõe a utilização de elementos externos como o incenso, as velas, as vestes litúrgicas, as prostrações, do momento em que adorar a Deus na terra comporta uma experiência que envolve também o corpo. A Igreja venera a Cruz, os Evangelhos, os ícones de Cristo e, por extensão, todos os ícones dos santos. Prestando-lhes homenagem, o fiel se volta ao Protótipo por ele representado (Cristo). Todo ato litúrgico da Igreja Ortodoxa [e da [Leia mais...]

Nosso templo

A concepção arquitetônica dos templos bizantinos e nosso padrão de culto se empenham em criar uma atmosfera de adoração, elevando a mente e a alma do fiel em adoração para o Reino de Deus por meio de todos os seus sentidos sensoriais. O padrão de culto bizantino é apostólico na origem e claramente se desenvolveu a partir do culto do Templo e da sinagoga judaicos revelado pelo próprio Deus nas Escrituras como um “exemplo e sombra das coisas celestiais” (Hebreus 8,5), ou seja, o culto de oração que continua no céu “sem cessar” (1 Tessalonicenses 5,17). A abside ou “útero” nos recorda a Encarnação do Deus-Homem, através de Maria, a qual vemos nos convidando para seu [Leia mais...]